segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Mais uma denúncia de racismo na UFMA

Através do Facebook Anacleta Cordeiro fez a seguinte denúncia:


A arte de fato não é valorizada na UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO! Ainda pouco aconteceu algo que não deveria me surpreender, mas surpreendeu. Como poucos sabem faço parte do PIBID/ARTES cuja temática do subprojeto é trabalhar a questão da Afro- basilidade nas escolas. Pois bem, ao nos dirigirmos ao COLUN para visualizar o ambiente para fazer uma possível exposição dos trabalhos elaborados pelos alunos, fomos abordados por um professor e o diretor da escola, que se quer deram- se ao trabalho de ir a nós de maneira decente, os respectivos "representantes da educação", apenas nos chamou por janelas entreabertas em frente aos alunos e NOS TRATOU DE MANEIRA ARROGANTE E DESDENHOSA, a conversa foi mais ou menos a seguinte:

PROFESSOR -- Quem são vocês e o que estão fazendo aí?

UM DOS PIBIDIANOS -- Somos do PIBID/ARTE e estamos dando uma 'olhadinha' no ambiente para nossa exposição do dia 1º

DIRETOR -- Mais o que vocês estão fazendo aí mesmo?

UM DOS PIBIDIANOS -- Nós estamos a mais de quatro meses fazendo este trabalho na escola e você não conhece o PI|BID?

DIRETOR -- Não estamos sabendo de nada não, mais depois a gente conversa!

Foi então que o professor pegou no cabelo da minha amiga Wgercilene Martins , com as pontas do dedos e ainda por cima de qualquer forma e perguntou de maneira preconceituosa " E ISTO É ARTE ?". Foi o cúmulo do absurdo! ficamos pasmas e sem o que responder, os alunos nos olhando, o diretor e o professor com cara de pouco caso, foi uma sensação horrível!
GALERA!!! Como é que as pessoas podem querer classificar tudo como arte? E ainda desdenhar do cabelo de alguém só porque é "diferente" do que se é habituado ver por aí? Como é que se passa mais de quatro meses numa escola e não é percebido e nem sabem ao menos quem você é, e o tipo de trabalho desenvolvido na própria escola? Como é que as pessoas não falam com você direito só porque você se veste diferente?
E o mais sinistro é que tudo isso faz parte do trabalho desenvolvido com os alunos do COLUN -- ARTE E AFRO- BRASILIDADE", juntamente com suas questões de preconceito e tal. Pelo amor de Deus que profissionais da educação são esses?
INDIGNADA!!!

Veja a postagem aqui.

Para quem não lembra, a UFMA já foi notícia nacional e internacionalmente por conta de acontecimentos de natureza similar motivados por preconceito, como noticiamos anteriormente em:
 Estudantes denunciam caso de preconceito sociorracial na Ufma e nas várias postagens sobre o caso Nuhu Ayuba.


Wgercilene Martins



8 comentários:

milson onilètó disse...

Ate quando não sei.mais sei que nao devemos para, tanto com nossas intervenções comtra tais atitudes, como atos de educações como os estudante estavão fazendo pra tentar minimizar o mal que essas praticas racistas vem se desenrolando no estado. tivemos conhecimento a um tempo atraz do caso Nuhu Ayuba, do caso Ana Carolina e agora da Wgercilene Martins. Nãodevemos ficar calados. proponho organizarmos uma intervenção e fazer desse situação um caso de litigio. proponho uma reunião a quem estiver disposto a lutar contra essas praticas Eugênicas. vamos a luta.

isabel cristina disse...

Lamentável demais.. e este tipo de comentário ofensivo vir logo de uma pessoa que ao nosso ver seria o representante de todo uma entidade de formadores ou educadores, eu poderia descer o sarrafo aqui perante a minha indignação. O que custa a descencia ou educação em reconhecer um trabalho lindo na área de pesquisas voltada a arte Só porque é direto ou reitor, não merece tratar seus estudantes com nojo e piadinhas. Triste esta sociedade que a cada minuto queremos consertar ou construir.

Eu e Sophia disse...

Sim, é um ato rude sem tamanho. Mas, não há crime de racismo ai ao meu ver. Talvez seja uma tentativa de tornar público o caso, eu apoio essa iniciativa.
Ressalto: Não há crime de racismo, segundo o que li. Segundo, isso não é uma denuncia. Denuncia é feita em uma delegacia. Aconselho que procurem as autoridades competentes. Mas o caso é de fato triste.

Gláucia Carvalho disse...

Bem, não ocorre racismo somente quando envolve palavras referentes a cor da pele. Há várias formas de isso acontecer, como, por exemplo, perguntar para alguém que tem cabelo afro e o usa solto por que a pessoa não vai pentear o cabelo. Outra coisa, isso tem muito mais a ver om a forma e o intuito das palavras e gestos de alguém. Eu, como já passei por muitas situações assim, não duvido que a forma e a intenção das falas do direto tenham sido para ridicularizar a moça. E, principalemnte, concordo que é uma denúncia que deve ser feita na delegacia. Se um cara desse não leva a sério um trabalho que está sendo desenvolvido ha tanto tempo na instituição, no mínimo podemos deduzir que ele não leve a sério o proprio trabalho de gerir tal instituição. E se nesse país há recursos legais, jurídicos contra isso, então ele devem ser usados. isso também não quer dizer que este e muitos outros espaços, que não uma delegacia, não possam ser também espaço de denúncia.

Richard Christian disse...

Em homenagem a quem caiu de para-quedas na temática:

DECRETO-LEI N. 2.848, DE 7 DE DEZEMBRO DE 1940

Código Penal

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro:
Pena - detenção, de 1 ( um) a 6 (seis) meses, ou multa.

§ 3º Se a injúria consiste na utilização de elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem:
Pena: reclusão de um a três anos e multa.”(inserido pela Lei nº 9.459, de 13 de maio de 1997)

Wytanyel Batera disse...

É um palhaço, ridículo, imbecil... se acha no direito de desdenhar de qualquer ser humano. Pensa é quem? cara vc pode ser o q vc quiser mais sempre será um idiota com esse preconceito ridículo, todos nós somos seres humanos, não importa q cor vc seja,estamos no século 21 e é triste saber q trastes como esse ainda olham o mundo dessa forma. Ainda bem que existem alguns de nós, pessoas que tem acima de tudo respeito pelo próximo e q não ver o mundo perfeitinho no qual pensam que vivem.
E para aqueles q acham q não existiu ofensividade por parte do professor fica o meu lamento, por descobrirem q vcs não sabem o q é um tom de ironia!

Carvalhoas disse...

Criticam um professor, mas são pessoas que provavelmente não se esforçam o minimo na vida em relação ao estudos e a leitura, porque escrevem mal e errado. E ainda querem falar de arte. Outros se expressam por meio de baixaria.
O que faz com que certas minorias consigam ter inimigos é a arrogância e a altivez. Por ser minoria, se sentem acanhados, se comportam como vítimas, uma vez que lhe dirigem a palavra, já se sentem ofendidos. "Mas o que vocês estão fazendo ai mesmo?" "você não sabe quem somos depois de quatro meses?". A resposta já é um convite para uma briga. Por que vocês não se apresentaram, explicaram, foram gentis? Ninguém resiste a um sorriso, a simpatia. Vocês estão há quatro meses lá e nunca conversaram antes com o DIRETOR DA ESCOLA??? E ainda quer que ele saiba quem vocês são. Pessoa com preconceito, ele é, sim, isso é demonstrado na fala "e isso é arte?". Mas vocês perderam a oportunidade de mudar algo nele que é um conceito: essas minorias são arrogantes, toscas, barulhentas, rebeldes sem consciencia, modismo... Exemplo: gays lutando por seus direitos na parada gay, quem vê de longe, só enxerga promiscuidade. Antes de convencer as pessoas, temos que sensibilizá-las, este é o nosso papel. Temos que fazer a diferença, sim; contaminar pessoas que viveram em outro tempo, tiveram outra educação, com as nossas idéias. Isso sem impor, sem ser arrogante, só precisamos plantar uma semente.

aline vieira rodrigues disse...

EM PLENO SECULO 21 UM PROFESSOR DE UNIVERSIDADE FAZENDO UM PAPEL RIDICULO COMO ESSE KKK SO RINDO MESMO ESPERO QUE ELE JAMAIS FAÇA ISSO OUTRA VEZ OU É MELHOR ESTA PRONTO PRA SER PROCESSADO POIS E ISSO QUE EU FARIA SE O INDIVIDUO TOCASSE EM MIM MAS EM FIM MELHOR ELE PROCURAR UM TRATAMENTO PQ ACREDITO QUE ISSO SEJA DOENÇA E DE NIVEL GRAVISSIMO.

Postar um comentário

 
Copyright © 2009 Ofensiva Negritude All rights reserved. Powered by Blogger
Blogger Template by Anshul